Dieta da Proteína – conheças os detalhes e o cardápio desta dieta

Para perder peso de verdade, é necessário disciplina e disposição para consumir apenas o que for recomendado no seu cardápio diário, de acordo com a dieta adotada. Entre as dietas para emagrecer, está a dieta da proteína, cada vez mais utilizada por mulheres para a perda de 7 quilos em até 14 dias.

Criada pelo cardiologista americano Robert Atkins, ficou conhecida no mundo todo por sua meta ousada: restringir de maneira drástica a ingestão de carboidratos e dar preferência às proteínas.

Cardápio da dieta da proteína

A dieta da proteína permite o consumo de carnes, ovos, peixes e queijos, ou seja, alimentos de origem animal.

Nos primeiros dias de dieta, o consumo de carboidrato é praticamente abolido, chegando a apenas 20 g. Após duas semanas, é possível consumir uma pequena parte de carboidratos, até 40g, mas sem abrir mão das proteínas em todas as refeições. O organismo, então, começa a consumir a própria gordura para saciar a falta dos carboidratos, levando à sensação de saciedade.

cardápio dieta da proteína

Depois que o peso ideal é alcançado, o consumo de carboidratos volta a acontecer novamente, aos poucos, mas para que o peso seja mantido. A quantidade varia de pessoa para pessoa.

O cardápio não limita quantidades: no café da manhã, pode-se abusar de presuntos e queijos, além de ovos cozidos ou mexidos com bacon. Café com leite em quantidade moderada também pode.

Nas refeições principais, almoço e jantar, alimentos leves e evita-se arroz, batatas (tubérculos em geral), ervilhas e milho. Ficam liberados alimentos como carnes, peixes, ovos, bacon, aves, verduras e legumes.

Entre as opções de sobremesa e lanches da tarde estão as gelatinas diet, os chás gelados, queijo e salame.

Para as bebidas, pode-se consumir chás de ervas, água tônica diet, refrigerante em baixíssima quantidade e deve-se evitar leite, iogurte, água de coco e refrigerantes normais

Cuidados com a dieta da proteína

A dieta das proteínas tem suas desvantagens: sem carboidratos, é possível que a pessoa sinta-se com menos energia e com falta de concentração. Isso acontece porque o cérebro não funciona corretamente sem a energia que vem dos açucares. Outro ponto negativo é que a perda de peso, podendo chegar até 7 kg em menos de um mês, não é, exatamente, de gordura, e sim de massa muscular, o que não é muito saudável para o organismo.

A pessoa poderá sentir náuseas, dores de cabeça, tonturas e fraqueza. Por isso, antes de começar qualquer dieta, consulte seu médico para saber qual o melhor método para você.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *